Páginas

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Coletivo Casa Preta promove movimentos culturais que valorizam a origem afro

Fotos Divulgação
Neste mês de março o Coletivo Casa Preta em parceria com outras instituições, projetos e coletivos como o Terra Vibra, Cosp Tinta Crew, Traumas Vídeo, Veg Casa, Dudu do Skate, Centro de Referência da Assistência Social (Cras), Núcleo de Resistência Periférica (NRP), Crew UBI-Zulu Bambaataa, entre outros, estão oferecendo à comunidade belenense uma vasta programação cultural. Entre os eventos estão a oficina de Dança Afro, as festas  "Bambas Dicanudos - Samba de Rua", "Rap Life - Festa da Cultura Hip-Hop" e o 3º Mutirão de Graffiti com direito a Batalha de Mcs e oficina de Tranças-afro.

De acordo com um dos coordenadores do Coletivo Casa Preta, Anderson de Sousa, mais conhecido como Don Perna, a instituição é um braço da Rede Mocambos no Pará. A Mocambos é formada por negras e negros de âmbito nacional que se conectam por meio das tecnologias da    informação com comunidades quilombolas rurais e urbanas.

O seu objetivo é buscar parcerias para de forma colaborativa e coletiva reunir diferentes programas, projetos e ações voltados para o desenvolvimento humano, social, econômico, cultural e ambiental, preservando o patrimônio histórico-memória dessas comunidades.

O Coletivo Casa Preta fica localizado em uma residência no bairro do Canudos na qual produtores, músicos, arte-educadores, entre outros, se reúnem com um aglomerado de crianças e jovens, em sua maioria negros e negras, que formam um grupo em movimento que trabalha com diversas áreas envolvendo a tecnologia e a ancestralidade. Sempre desenvolvendo a identidade negra e a auto-estima. "Nós queremos propagar os segmentos do afro-universo, uma celebração que lida com 'afrofuturismo' e aborda a música e a comunicação. Estabelecendo dessa forma um contato direto com espaços fechados e a rua", disse o coordenador Don Perna. Guiné Ribeiro e Lamartine Silva também são coordenadores do Casa Preta.

O coletivo é formado por várias pessoas que buscam o respeito, reconhecimento e a disseminação da cultura afro brasileira. São paulistas, maranhenses, paraenses, enfim, brasileiros que não se consideram apenas brasileiros, mas também africanos. "Acho que um projeto social contribui quando ele fomenta esses tipos de ações de valorização e mudança de uma realidade. Eu não gosto de usar a palavra voluntariado. Esse trabalho que nós realizamos não é aquele no qual se reserva apenas 2% do dia a dia para fazer alguma coisa por uma comunidade carente. Não é esse o objetivo do coletivo. Aqui a gente trabalha em cooperação com vários outros projetos. Tentamos, por meio de ações culturais, melhorar e fazer com que as pessoas se descubram, descubram as suas origens", ressalta o Don Perna.  

"Estou aqui para ajudar a disseminar a nossa cultura", afirma a educadora paulista Regina Santos que vai ministrar a oficina Livre de Dança Afro que começa hoje (29).
"Trabalhamos com os valores, com a nossa cultura e ancestralidade. Construímos processos colaborativos e coletivos. Essas ações vão fazer com que os meninos e meninas que participam dos eventos oferecidas pela Casa Preta, conheçam e valorizem a sua cultura afro", opina Don Perna.

Um dos focos do coletivo é aliar a tecnologia e a ancestralidade. Por isso, os colaboradores da entidade trabalham com a empresa-projeto Negoocio Soluções em Tecnologia da Informação. Cujo trabalho é fornecer recursos para que as pessoas usem a internet, produzindo resultados com praticidade e consistência. "Por meio da internet você pode comunicar, trocar informações, registrar as suas manifestações culturais; pode ter visibilidade na sua comunidade.
Pode fazer um documentário com uma pessoa que não teve acesso a escola, que não sabe escrever, mas domina a cultura oral", exemplificou Don Perna. 

Além dos eventos culturais o Coletivo Casa Preta promove oficinas permanentes como as de construção de instrumentos e toques de percussão. Toda a produção desta oficina contribui para o projeto Afro Bloco Firme. Quem desejar conhecer melhor o coletivo pode entrar em contato com os seus coordenadores no endereço Roso Danin, 780, no bairro do Canudos ou ligar para os fones (91) 3274-1014/ 8107-3715 / 8141-2491 / 8310-4591.

Serviço:
Oficina Livre Dança Afro
Datas: 29/2 (quarta), 1/3 (quinta) e 2/3 (sexta)
Hora:19h às 21h
Local: Escola Brigadeiro Fontenelle (Rua São Domingos. Bairro da Terra Firme).
Realização: Coletivo Casa Preta e Projeto Terra Vibra


Festa "Bambas Dicanudos Samba na Rua" - Discotecagem Temática: Samba de Raiz, Samba canção, Samba de Mesa, Samba de Partido Alto. Uso de vinil
Data: 7 de março (quarta)
Hora: A partir das 18h
Local: Boteco do Kleber (Rua Roso Danin, entre 2º de Que Luz e Juvenal. Bairro do Canudos).
Realização: Coletivo Casa Preta


"Rap Life - Festa da Cultura Hip-Hop" - Participação dos Djs Ksm, Morcegão e os Mcs Pjó (Vida Noturna Mc's) e Bill (Aliados Mc's)
Data: 17 de março (sábado)
Hora: 20h
Local: Reggae dos 48 (Rua dos 48. Bairro do Comércio, em frente ao Pátio Belém).
Ingressos: 5,00 reais. Entrada Free para mulheres
Realização: UBI-Zulu Bambaataa
Apoio: Casa Preta, Veg-Casa, Dudu do Skate, Traumas Video, Cosp-Tinta Crew

3º Mutirão de Graffiti com o Coletivo Cosp Tinta - Oficinas de Tranças-Afro, Graffiti, Batalha de Mc's (com discotecagem da música negra)
Data:31 de março (sábado)
Hora: 9h até às 17h
Local: Ponto de encontro: Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) (Rua Parabor, 354. Bairro da Guanabara, em Ananindeua)
Realização: Cosp Tinta Crew Apoio: Casa Preta, Traumas Video, Veg Casa, Dudu do Skate, Cras, NRP


Oficinas Permanentes:
Projeto Afro Bloco Firme:
Construção de instrumentos - todos os sábados, sempre as 15h.
Local: Casa Preta- Roso Danin, 780-Canudos
Toques de Percussão - todas as terças e quintas, as 18h.
Local: Poló São Pedro (Rua São Pedro. Bairro da Terra Firme)
Contatos: (91) 3274-1014/ 8107-3715 / 8141-2491 / 8310-4591.


Att, Senhorita Matos.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Advinha o que é preciso para ser Rainha do Carnaval no Brasil?

Relação entre o livro “Manifesto do Partido Comunista” de Karl Marx e o artigo da revista “Veja”


Em seu livro “Manifesto do Partido Comunista”, Karl Marx destaca o que acontece desde o surgimento da burguesia: “A burguesia não pode existir sem revolucionar permanentemente os instrumentos de produção – por conseguinte, as relações de produção e, com isso, todas as relações sociais”.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Fotógrafo francês retrata expressões de artistas paraenses em preto e branco


Neste mês a revista paraense PZZ traz a edição especial "Retratos Musicais", um projeto do fotógrafo francês Bruno Pellerin que capta por meio da fotografia as expressões musicais de artistas paraense.

28º do Baile dos Artistas vai ser realizado hoje

Considerada a "a maior premiação da cultura paraense" e com o objetivo de valorizar os artistas da terra, começa hoje (16), às 22h, a 28ª edição do "Baile dos Artistas Paraenses". A festa carnavalesca será na Estação das Docas e terá como atrações o cantor paraense Elói Iglesias, Grã Coral Metropolitano, Rancho e as mulatas.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Hoje tem Aula Pública sobre Belo Monte com a profa. Sônia Magalhães

Por Tô! Coletivo
428121_274716112594927_100001696201106_651559_1427558806_n.jpg

A UHE Belo Monte é maior obra do Programa de Aceleração do Crescimento - PAC, se construída será a terceira maior hidrelétrica do mundo, sua construção teve início sobre o argumento: "obra de interes...se nacional" frente aos escândalos, incertezas e dúvidas que a envolvem. É de seu interesse?

Cine CCBEU apresenta: "Férias Frustradas de Verão" de Greg Mottola

Por CineCCBEU



Uma das declarações que melhor sintetiza o sentido profundo dos grandes filmes foi proferida pelo crítico francês François Truffaut na introdução de sua coletânea clássica "Os Filmes da Minha Vida". No texto, ele só pede de um filme que "expresse ou a satisfação de fazer cinema ou a angustia de fazer cinema". E é exatamente isso que nos mostra Férias Frustradas de Verão: o registro de um olhar e as esperanças e dores implicadas nisso. Um filme sobre o cinema.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Show de lançamento do CD "Vidro e Corda" promete muito Blues e guitarra

http://2.bp.blogspot.com/-KGThQrMEUVU/TzlnArJGT3I/AAAAAAAAAM4/eoznj6cZhuQ/s1600/CAPA+DO+CD+II.jpgPara quem gosta da mistura de guitarra e Blues não pode perder o show de lançamento do CD "Vidro e Corda" do guitarrista paraense José Antônio Puget, nesta terça (14), às 20h, no Líbero Luxardo (Centur). "Eu considero esse trabalho o primeiro, a nível local, que usa a guitarra instrumental voltada para o Blues. Quem é apaixonado por guitarra vai gostar", afirmou Puget.   
O guitarrista tem 33 anos, é funcionário público e, atualmente, mora no município de Peixe Boi. Quando morou em Belém integrou bandas de pop rock como "Xerazade" e "Coisa de Ninguém". Mas foi na banda paraense Índigo Blues que conseguiu se "expressar como músico", como explica o artista, "eu sempre dediquei a minha vida de corpo e alma para a música. Toquei em algumas bandas em Belém, porém, foi na Índigo Blues que consegui sentir segurança para me expressar musicalmente".


Paloma Morgado: a nova poetisa paraense

http://www.camarabrasileira.com/capinha.jpg"Ler os poemas de Paloma Morgado Mendonça é perceber à flor da palavra. Que a palavra na poesia é extremada; nelas não há concessões, mesmo as mais sutis (...)".

"100menos10": Movimento de 1922 reinventado pela fotografia paraense

Por Assessoria de Imprensa
(Deborah Cabral)


Convite eletrônico Vtags.jpg

Noventa anos se passaram desde que um grupo de artistas decidiu mostrar as inquietações de sua época, o que ficou na história como a “Semana de Arte Moderna de 22”. Anita Malfatti e Di Cavalcanti, pintura, Victor Brecherett, escultura, literatura dos irmãos Mário e Oswald de Andrade, arquitetura de Antonio Garcia Moya e música de Heitor Villa-Lobos são alguns dos nomes mais destacados. Curiosamente, a fotografia, já muito usada na época, foi deixada de lado. E é ela que vem agora fazer uma releitura contemporânea do Movimento Modernista.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Carla Evanovicht vai participar dos Projeto Rumos Itaú e Caixa Cultural


A jovem artista visual paraense Carla Evanovicht está começando a ganhar destaque. Apesar da sua pouca idade ela já tem uma vasta experiência no mundo das artes visuais. A artista foi selecionada para participar das edições do Projeto Rumos Itaú em 2011. A edição de  2012 será dia 8 de fevereiro. Vai participar da exposição Caixa Cultural no Rio de Janeiro e em São Paulo, respectivamente esses eventos acontecem nos meses de março e julho. Carla Evanovicht também foi convidada para participar do Salão Xumucuís como "artista convidada", na próxima edição ainda este ano.

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Santa Izabel realiza 1ª edição do "Sarau Cultural Artitude"

Com o objetivo de fomentar a diversidade cultural em Santa Izabel, vai ser realizada neste sábado (4), a partir das 16h, a primeira edição do "Sarau Cultural Artitude" no Centro de Apoio Psico-Social (CAPS). O movimento cultural vai oferecer ao seu público música, literatura, teatro, pintura, desenho, cinema e fotografia. As bandas belenenses BonSalvage, Tábita Veloso e Forjadores, assim também como as bandas de Santa Izabel Utopia e On The Road, vão marcar presença no sarau. O secretário da Lei SEMEAR Marcos Quinan também participará do evento e vai falar sobre a Lei Semear. 

Nova Acrópole promove em 2012 a 2º edição do "Dia da Arte" em Belém neste sábado (4)

Foto Divulgação / Cedida por Nova Acrópole de Belém



Com o intuito de despertar o verdadeiro sentido da arte, a Nova Acrópole promove neste sábado (4), às 16h, o "Dia da Arte".  O evento conta com a apresentação do filme "O Mestre da Vida", que será comentado pela diretora da Nova Acrópole de Belém, Denise Figueiredo; além da apresentação de músicas clássicas, contemporâneas e regionais pelo Coral Muiraquitã; palestra “Filosofia e a Percepção da Arte” e sarau artístico do Quarteto de Cordas. A entrada é franca. 

Oficina com Ricardo Macêdo: "Memórias em linhas: o desenho a partir do fotográfico"

Por FotoAtiva


397216_280795561985437_100001649878790_777006_357361597_n.jpg

A oficina em questão trata de um dado muito comum nas produções artísticas atuais: a mescla de linguagens nos trabalhos de arte. Para tanto, duas técnicas nos servirão como suporte: a fotografia e o desenho.

Joelma Kláudia vai lançar DVD este mês

Por Fabio Gomes 





Cantora descansa em Altamira, após sucesso da turnê
paulista ao lado da Orquestra de Violoncelistas

Um dos principais nomes da noite de Belém, Joelma Klaudia ainda não cantou este ano na cidade. Atualmente, ela está em Altamira, onde descansa e planeja seu ano de 2012. Entre 11 e 15 de janeiro, participou com destaque da turnê da Orquestra de Violoncelistas da Amazônia pelo estado de São Paulo.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Cine CCBEU SESSÃO ESPECIAL: "Vale dos Lamentos" (Homenagem à Theo Angelopoulos)‏

Por CinCCBEU



129056
Theo Angelopoulos, o diretor da eternidade, morreu. Mas, é claro, nunca morrerá. Sua obra ultrapassa seu país, seu continente, seu próprio criador - alcança o que chamamos Perene.

Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia - catálogo 2011 e edital 2012 no site

Por Diário Contemporâneo



       Está no ar no site www.diariocontemporaneo.com.br o catálogo da segunda edição do Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia, com o tema “Crônicas Urbanas”, reunindo os trabalhos dos 21 artistas selecionados no ano passado, entre eles os premiados – Silas de Paula (CE), Leonardo Sette (PE) e Roberta Carvalho (PA); a série Solitude, de Luiz Braga, artista homenageado de 2011; e fotografias da mostra convidada, Diários da Cidade.

Candidatos aprovados em terceira chamada da UFOPA têm até hoje (3) para se matricular

Por Imprensa UFOPA


Termina nesta sexta-feira, 3, o período de matrícula dos candidatos aprovados e convocados na terceira chamada do Processo Seletivo 2012 da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA). Os convocados devem comparecer à Diretoria de Registro Acadêmico (DRA) até as 17h para efetuar a matrícula. A DRA está localizada no Campus Tapajós da UFOPA, na Rua Vera Paz, s/n, bairro Salé, em Santarém (PA). A lista completa com a relação dos documentos necessários está disponível AQUI.dra.ufopa@gmail.com, Rua Vera Paz, s/n, Salé (Campus Tapajós).
Lenne Santos – Comunicação/UFOPA
2/2/2012
--
Universidade Federal do Oeste do Pará - UFOPA
Av. Vera Paz, s/n, Salé
Santarém - PA - Brasil
Prédio Central/ Reitoria
Coordenadoria de Comunicação
(93) 2101-4922
(93) 9109-0118
(93) 8116-1645
www.ufopa.edu.br
http://twitter.com/ufopa
http://www.facebook.com/ufopa
www.youtube.com/user/comunicaufopa

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

67º Aniversário de Bob Marley no Foot Bar

Por Agência de Notícias Açaí Roots


A banda revelação Mangga Reggae fará show especial em homenagem ao ícone do Reggae, Bob Marley. Mangga também receberá no palco, convidados da cena Hip Hop paraense Trilha do canal, as homenagens contaram com as sequências dos DJs do programa Sintonia do Reggae Vitor Pedra, Kenedy Trindade e Deny Amaro com participação da mais nova DJ Hingrid Roots. O show começa às 21h, no Foot Bar.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...